samedi 18 mai 2013

Receita de Rollmops

Rollmops

 


Você comeria isso?
Rollmops é uma tradicional porcaria encontrada em botecos e ingerida por pinguços que já não têm mais papilas gustativas, e por isso não percebem a nojeira que estão comendo.

Origem

O rollmops é de origem germânica-viking. Teria surgido de um barril de arenque apodrecido que foi ingerido pelos marinheiros alcoolizados, que notaram uma viagem muito mais louca quando o comeram.
No Brasil a conserva é feita com peixe podre, cru e com as víceras, enrolado e mergulhado em uma mistura de pinga-brava e fluido de bateria. Alguns gostam de acrescentar ovos de codorna entre o peixe enrolado, cebolas, repolho e restos de lavagem.
Costuma-se dizer que o bom comedor de Rollmops devora um vidro inteiro de Rollmops, acompanhado de um litro de caninha Oncinha, bebe o líquido da conserva e sobrevive, algumas vezes, consciente. Não existem registros de sobreviventes desta forma de degustação. Alguns acreditam que cerveja quente e aguada seja o melhor acompanhamento.
Seja qual for a sua escolha, tenha em mente que este perigo extremamente nauseabundo, é forte pra danar, e precisa ser muito macho pra devorar um rolinho numa tragada só. Chuck Norris consome rollmops no café-da-manhã, em jejum, ou com um copo de leite.
É muito saboroso, mas muito ácido também. Existem relatos de que o líquido da conseva de rollmops já foi usado para corroer barras das grades em presídios e trancas de cofres.
Alguns médicos descendentes de alemães receitam aos seus pacientes com prisão de ventre: Um vidro de rollmops com chopp quente. Esse santo remédio foi descoberto ao acaso por um desconhecido e colocado em uma trova, há 456 anos:
"Se tu tens prisão de ventre vai pro banheiro a galop's toma um chopp bem quente e come um vidro de rollmops"

 

 Os rolinhos

  • 8 filés de arenque podres sem bernes.
  • 1 colher de sopa de suor de bode.
  • 2 pepinos-do-mar, ou enguias
  • 1 cebola bem picadinha.
  • 100 g de gordura de porco.

Para o caldo

  • 250 mL de fluido de baterias Moura
  • 125 mL de aguaraz
  • 80 grãos de pimenta preta
  • 2 folhas penas de louro (fundamental para garantir a boa digestão)
1 col. de chá de sal

Preparo

Lave bem os filés de peixe com água do corrego que passa atrás do boteco, e besunte o lado interno de sebo de porco.
Misture bem o pepino-do-mar e as enguias picados com a cebola picada. Espalhe em cima de cada filé um pouco dessa mistura e faça os rolinhos prendendo ao final com um palito de dente usado.
Coloque os Rollmops em um vidro de maionese vazio, mas sem lavar, deixando os restos dos lados.
Ferva todos os ingredientes para a calda e quando levantar fervura derrame devagar sobre os Rollmops.
Eles precisam ficar cobertos com o líquido. Feche bem o vidro e deixe curtir por 5 dias e pronto pode saborear com os amigos.
Não esqueça de chamar a emergência, antes de começar a ingerir.

Related Posts Plugin for Blogger...